Terça-feira, 29 de Junho de 2010

No dia do jogo dos oitavos de final, frente à Espanha, Portugal apresenta-se praticamente na máxima força, prometendo devolver aos adeptos momentos de grande euforia.

 

A selecção portuguesa enfrenta os actuais campeões da Europa, num jogo que irá ser transmitido num ecrã gigante, tal como tem sido hábito, no agradável Largo da Estação do Rossio.

 

 

Para os muitos adeptos que se irão deslocar, hoje, à baixa pombalina para apoiar a selecção de todos nós, o momento em que os jogadores entrarem em campo será vivido com muita emoção, a atestar pelo que se tem vivido no local.

 

Através do ledscreen, será como estar no próprio estádio Green Point, num ambiente electrizante, que só a festa do futebol é capaz de proporcionar.

 

 

No mesmo local onde Portugal goleou a Coreia do Norte por 7-0, as equipas subirão ao relvado para um novo clássico ibérico, relembrando toda a saudável rivalidade entre os dois países desde os tempos em que se dividiu o mundo a meio.

 

Portugal ocupa o 3ª lugar do ranking da FIFA e irá defrontar-se com segunda classificada e actual detentora do título de campeã da Europa, num jogo de grande interesse para todos os amantes de futebol das diversas nacionalidades que já fazem do Largo da Estação do Rossio, com as suas agradáveis esplanadas e pontos de restauração, o local de eleição para se ver os jogos do Mundial da África do Sul.

 

A equipa da Latitudes também irá estar presente para apoiar a nossa Selecção!



publicado por blatitudes às 11:55 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

A cadeia internacional IKEA encontrou a forma perfeita para espalhar a palavra sobre a abertura de uma das suas lojas na Suécia – uma campanha online de marketing viral.

 

E foi tão simples. Criou-se um perfil no Facebook e desafiou-se os fãs através de uma promoção: durante duas semanas, 12 fotos dos showrooms da IKEA foram adicionadas.

Usando uma das mais básicas ferramentas daquela plataforma social – o “tag” – os que etiquetassem em primeiro lugar determinado produto constante nas fotos, ganhava-o.

 

Resultado? De uma forma simples, a custo reduzido, a IKEA conseguiu uma publicidade praticamente gratuita e uma completa envolvência dos consumidores na marca!

 

 

Mais uma vez, a Latitudes não deixa de estar atenta a toda a forma de promoção empresarial.



publicado por blatitudes às 16:55 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Os resultados alcançados por estudo publicado recentemente pela OCDE, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, põem em clara evidência a propensão de Portugal em se ligar à internet, sendo que, embora outros factores competitivos que nos colocam em comparação com os restantes países analisados fiquem aquém das expectativas, é claro o salto tecnológico que Portugal imprime às plataformas online.

Portugal posiciona-se igualmente em destaque não só na União Europeia, mas também em todo o ranking daquela organização. Se levarmos em linha de conta todos os países que compõe o estudo, o nosso país encontra-se em 13º lugar, numa lista liderada pelo Japão.

 

É assinalável a posição portuguesa nestas estatísticas recentemente divulgadas. Mais sonante se torna esta dimensão, se mencionarmos que Portugal se encontra à frente de países como a Alemanha, a França, o Reino Unido e a vizinha Espanha.

 

Acrescenta-se preponderância à posição portuguesa, se divulgarmos, tal como assinala este estudo, que em matéria de acessos da banda larga móvel, Portugal ocupa o segundo lugar da União Europeia.

 

Na opinião da Latitudes, estes números comprovam de forma inequívoca a vocação que Portugal demonstra pelo mundo online. Tanto a nível particular, como a nível empresarial, temos assistido a um sem número de processos que se optimizam dia a dia, de comportamentos que se orientam para a rede virtual mundial, para um espaço de negócio que cresce de forma exponencial no nosso país.

Acreditamos que estes números confirmam mais uma vez a nossa personalidade, assente, como sempre, na máxima de “Portugal para o mundo”, de conquista do além fronteiras. Assim o estão a fazer as nossas empresas exportadoras e assim está a responder o mercado internacional à oferta da produção nacional.

 

Para além de tornar as comunicações empresariais locais – empresa/consumidor/empresa – dentro do nosso território totalmente facilitadas, quando se olha numa óptica mundial, a posição geoestratégica de Portugal já não constitui, pelo fantástico advento das comunicações online, um problema.

 

Através das comunicações pela intenet, Portugal deixa de estar no canto da Europa, para se posicionar no centro do Atlântico.

Fonte: Público



publicado por blatitudes às 12:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 22 de Junho de 2010

Desta vez, nem é a Latitudes que aponta na direcção deste fenómeno: o Jornal Oje alerta os seus leitores empresariais para o ladro negro do fenómeno dos média sociais: a capacidade agregadora de opiniões que facilmente põem em causa a reputação de grandes marcas.

Aproveitando a notícia avançada pelo diário económico que põe em agitação realidade empresarial portuguesa, pode-se pôr em perspectiva as causas que nos levam a reiterar, vezes sem conta, nas páginas deste site, que as ferramentas do WebMarketing são armas altamente eficazes para a construção de notoriedade de uma marca.

Mas, num prisma pouco dado à Latitudes, mas em tudo sobejamente importante que importa sublinhar, as novas tendências de imagem de marca online estão a adquirir uma capacidade de manietação da opinião pública sem precedentes.

Todos nós concordamos com a expressão de que o “passa a palavra é a melhor forma de marketing”. A custo zero, tem-se a máxima confiança na informação transmitida, já que, aparentemente, o emissor não acarreta qualquer vantagem sobre a transformação que a informação veiculada incorpora no receptor da mensagem.

Também toda a gente pelo menos já murmurou a frase “qualquer publicidade é boa publicidade” e o que importa é sermos falados.

No entanto, com os actuais meios que traduzem e possibilitam um passa a palavra à escala planetária, o contagioso efeito bola de neve passível pelas novas ferramentas de comunicação online, os gigantes do mundo corporativo deixam de estar seguros, apesar de munidos de complexas estruturas de gestão de comunicação de crise e de departamentos de Public Affairs.

A exemplo disto, a gigante norte-americana Procter & Gamble, empresa que desenvolve marcas tão conhecidas para os consumidores portugueses como o detergente Tide e o material de barbear Gillete, está a braços com uma acusação feita por particulares sobre uma gama de fraldas lançada recentemente pela conhecida empresa e que está a abalar seriamente a sua reputação.

A acusação, apesar de não provada, tal como avança a agência noticiosa Bloomberg, iniciou-se em simples Blogs particulares de pais insatisfeitos, passou para uma cadeia de e-mails que circularam a nível mundial, terminando numa campanha acusatória “anti-Pampers” no Facebook, suportados por convincentes testemunhos de pais que viram, garantem, os seus filhos com problemas de saúde provocados por aquelas fraldas.

Estas gigantes corporações, habituadas que estão a lidar com pequenos focos de consumidores insatisfeitos, já têm mecanizados, nos seus departamentos de comunicação e marketing, processos de resposta que rapidamente reduzem e anulam estas insatisfações antes de tomarem proporções preocupantes.

Mas sabendo isto, o que terá mudado para que gigantes como a P&G, Johnson & Johnson e outras empresas internacionais estejam a ser apanhadas desprevenidas?

O problema destas grandes empresas é que as suas estruturas de comunicação, pesadas como são, demoram um pouco para se adaptar a novas tendências. Outro problema ausculta-se pela presunção inicial destes gigantes corporativos em acreditar na ideia de que cidadãos anónimos, com recursos limitados, são incapazes de os atingir de forma significativa.

A realidade mudou. A capacidade do passa a palavra é, agora, um ferramenta altamente poderosa no que toca à construção – ou destruição – da notoriedade e imagem de marca.

Nos tempos actuais, a defesa e construção da imagem através dos meios mais tradicionais da comunicação e marketing tem de ser acrescido pela nova ferramenta do WebMarketing, tal como antecipado pela Latitudes e pela sua recente adenda deste novo serviço no seu portefólio.

Para a Procter & Gamble, esta foi uma valiosa lição para melhorar a sua capacidade de gerir as suas comunicações de crise, atribuindo, agora, um grande valor às plataformas online, apercebendo-se da sua extraordinária capacidade para falar directamente com o consumidor.A sua resposta foi dada através do próprio Facebook, na página da empresa, numa mensagem suportada com um vídeo de um médico pediatra, respondendo directamente aos seus consumidores, assegurando uma resposta à altura do “boato”.

Importa demonstrar que a realidade empresarial portuguesa, tal como fica patente pelo destaque desta notícia, também poderá ser vítima destas situações, caso não prepare, convenientemente, a forma como a imagem da sua empresa, produtos e serviços, está a ser tratada no mundo virtual.



publicado por blatitudes às 14:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 8 de Junho de 2010

1859 – Cadeira Bistrot

 

No final do século XIX a produção industrial começa a invadir os terrenos da vida quotidiana, deslocando-se do fabrico de componentes para o de objectos correntes do dia a dia.

A partir de 1859, com o seu mobiliário curvilíneo de madeira em peças soltas para montar, o austríaco Michael Thonet demonstra que a produção em série pode conjugar quantidade e qualidade.

 

A maior prova disso é o funcional modelo de cadeira Bistrot que, entre 1859 e 1930, vendeu cerca de 50 milhões de unidades.

 

 

 



publicado por blatitudes às 18:34 | link do post | comentar

Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

O Marketing Promocional é um meio privilegiado de conhecimento e experimentação de um produto, sendo muitas vezes a chave para o início de uma relação próxima e frutífera com o consumidor. Este facto é decisivo no quadro de um mercado cada vez mais competitivo e agressivo onde os clientes são bombardeados com inúmeras ofertas aparentemente idênticas.

Reconhecendo a mais valia desta ferramenta de trabalho, a Latitudes dedica uma atenção particular ao Marketing Promocional e às diferentes formas da sua aplicação prática na conjuntura actual, de modo a emprestar importantes vantagens competitivas aos nossos clientes.

Ao longo dos anos realizamos várias acções de Marketing Promocional como brand call, degustação e charme para várias marcas como a Bacardi Martini Portugal.

 

 

Mais recentemente realizamos  uma acção para a Cerealis, em que uma promotora ofereceu aos sócios de health clubs de Lisboa e Porto amostras de cereais de pequeno-almoço da Nacional, “+ Activa”.

Trabalhando as áreas do Marketing Promocional, complementado com o Design e a Publicidade, o principio que sempre nos orientou e que, cada vez mais, acreditamos fazer sentido, é estar atento aos desejos e anseios dos consumidores, indo ao encontro não apenas da sua razão mas, cada vez mais, do seu coração.

 



publicado por blatitudes às 11:42 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds