Quinta-feira, 28 de Abril de 2011

 

Os compromissos assumidos pela indústria alimentar não são recentes – aliás, datam já de novembro de 2009, quando se realizou o II Congresso da Indústria Portuguesa Agro-Alimentar – mas, agora, voltaram a merecer destaque graças à inauguração de um site que lhes é exclusivamente dedicado.

 

Recorde-se que, em 2009, 26 empresas da área alimentar assinaram, voluntariamente, um conjunto de compromissos, inclusive ao nível do marketing e publicidade, no sentido de contribuírem para uma vida mais saudável. Cerealis, Coca-Cola, Danone, Ernesto Morgado, Ferraz e Ferreira, Ferrero, Gelpeixe, Iglo, Kellogg, Kraft Foods, Mars, Mineraqua, Modelo Continente, Nestlé, Nobre Alimentação, Orangina Schweppes, Panpor/Neopanpor, Parmalat, PepsiCo Matutano, Pescanova, Queijo Saloio, Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, Sovena, Sumol Compal, Unicer e Unilever Jerónimo Martins foram os nomes que, representando cerca de 50% do total de investimentos em alimentos e bebidas no mercado português, se comprometeram a alterar a sua ação no campo do marketing e publicidade, nomeadamente perante o target infantil. No documento, as empresas comprometeram-se a abster-se da publicitação de “géneros alimentícios a crianças menores de 12 anos através da televisão, publicações e Internet, excetuando-se os produtos que preencham critérios nutricionais que tenham por base evidências científicas aceites e/ou recomendações nutricionais, nacionais ou internacionais, aplicáveis”, bem como a privar-se de “efetuar comunicação comercial relacionada com produtos alimentares em escolas do primeiro ciclo, exceto quando especificamente solicitada pela ou acordada com a escola e se destinar a fins educativos.”

 

Com este site, a Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e a Federação da Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA), responsáveis pela iniciativa, pretendem conferir ao processo acessibilidade e transparência, tornando-o visível ao público. A Accenture foi a empresa escolhida para monitorizar o cumprimento dos compromissos no âmbito da publicidade, enquanto o Instituto Politécnico de Castelo Branco tem a cargo a monitorização do marketing nas escolas. Os relatórios de ambas as equipas deverão ser apresentados no final de 2011.

 

Fonte: Briefing

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico



publicado por blatitudes às 15:19 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27 de Abril de 2011

 

É este o título de mais uma original campanha dos Repórteres Sem Fronteiras, desta vez combinando um anúncio impresso e um código QR.

 

 

Em três anúncios distintos, concebidos pela Publicis Brussels, a organização de repórteres representou Mahmoud Ahmadinejad, Muammar Gaddafi

e Vladimir Putin, descrevendo as restrições à liberdade de imprensa provocadas por cada um e pedindo aos leitores que colocassem o seu iPhone sobre a boca das personagens depois de fazerem um scan do código QR localizado no fundo da página. Quando o faziam, as pessoas conseguiam ver um vídeo de uma boca – de um jornalista – relatando a situação nos respetivos países: Irão, Líbia e Rússia. No final do filme, as pessoas eram dirigidas para o site da campanha, onde podiam encontrar mais informação acerca da própria campanha e da organização.

 

Fonte: Osocio

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico



publicado por blatitudes às 15:57 | link do post | comentar

Terça-feira, 26 de Abril de 2011

«Os “baby boomers” foram a primeira geração da televisão e, mais tarde, a primeira geração dos computadores. Usam a tecnologia de forma distinta das gerações mais novas mas são ávidos utilizadores. Os marketeers precisam de entender os seus atuais estádios de vida bem como os seus hábitos digitais de modo a pontuar com este enorme grupo.»

 

É assim que Lisa E. Phillips, da eMarketer, introduz o seu estudo “Digital Lives of Boomers: Reaching Them Online”, onde analisa o comportamento deste grupo e a forma como os marketeers se têm relacionado com o mesmo.

 

A analista sénior da eMarketer explica, no estudo, que a idade média da geração dos Baby Boomers é hoje de 55 anos e que, atualmente, os marketeers e publicitários parecem ter esquecido a importância deste numeroso e importante grupo. Os dados, reunidos nos EUA, concluíram que se trata de um target incontornável:  “Os mais jovens ( entre 47 e 55 anos) passam em média, 39.3 horas online por mês em 2010 de acordo com o “Pew Internet&American Life Project”. Os mais velhos ( 56 a 65 anos) apenas registam uma média ligeiramente inferior de 36.5 horas. Grande parte deste tempo é passado a gastar dinheiro. A Forrest Research reportou que os Boomers gastam, em média, cerca de 650 dólares online a cada 3 meses durante o ano 2010”

 

Lisa E. Phillips termina deixando o aviso aos marketeers: “muitas marcas não pretendem envelhecer as suas marcas apelando a idades mais avançadas. No entanto, a estratégia vencedora é trabalhar uma marca de forma suficientemente abrangente para chamar a atenção dos boomers sem deixar de incluir jovens adultos ou mesmo netos!” 

 

Embora o estudo se foque na realidade norte-americana, o estudo serve também como um útil alerta para o marketing português, proporcionando aos marketeers nacionais pistas para caminhos a explorar no futuro.

 

Fonte: Briefing

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico



publicado por blatitudes às 15:36 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

 

 

A Sumol Compal, Grupo Delta, Pingo Doce, Bial, Jerónimo Martins, TAP, Delta Q, Hospital CUF e Continente são os nove nomes portugueses presentes no top 30 das empresas com melhor reputação no nosso país. As conclusões são do estudo RepTrak Pulse 2011, do Reputation Institute, que visa identificar quais as empresas em Portugal cujas decisões as tornam mais valiosas numa “economia reputacional”.

 

Avaliando 160 empresas, tanto nacionais como estrangeiras, de 18 setores de atividade distintos, o estudo concluiu, ainda, que a Google é a empresa com melhor reputação no nosso país, seguida da Nestlé e, em terceiro lugar, a Sumol Compal.

 

Quanto aos setores com melhor reputação, distinguem-se o “Elétrico e Eletrónico”, “Grande Consumo”, “Automóvel”, “Bebidas”, “Computadores”, “Farmacêutico”, “Produtos Industriais” e “Retalho”. Na outra ponta da lista ficaram os setores “Segurador”, “Banca” e “Energia”, uma tendência, aliás, que se verifica também a nível internacional.

 

 

Saiba mais sobre este estudo aqui.

Fonte: Marketeer

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico



publicado por blatitudes às 16:34 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11 de Abril de 2011

 

 

 

 

A estação de comboios de Victoria, em Londres, e o exterior do Bullring Shopping Centre, em Birmingham, foram os palcos escolhidos pela Axe para dar vida aos anjos que têm protagonizado a sua mais recente campanha Axe Excite “Nem os Anjos Resistem”.

 

Neste caso, uma tela gigante estava colocada no chão, em frente a um ecrã gigante, incitando as pessoas a colocarem-se sobre ela e olharem para cima. Assim que o faziam, a imagem de um anjo virtual a cair junto deles aparecia no ecrã. O melhor é que os curiosos podiam interagir com a imagem do anjo, que reagia aos seus movimentos, chamando, assim, a atenção de todos os que passavam e provocando situações muito divertidas.

 

A ação foi concebida pela agência Mindshare.

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

 



publicado por blatitudes às 16:57 | link do post | comentar

Sexta-feira, 8 de Abril de 2011

 

 

15 de abril: a partir desta data, nenhum anúncio em Pequim deverá conter termos como “luxuoso”, “nobre” ou “supremo”. Estas palavras – que, segundo o governo municipal, promovem estilos de vida hedonistas e o vazio espiriutual – são apenas uma das restrições impostas por Pequim, que pretende, também, que se corrijam todos os anúncios que promovam excessivamente produtos “estrangeiros”.

 

No mês de março a cidade de Chongqing emitiu normas semelhantes, proibindo que os anúncios de imobiliário exibissem frases incluindo os termos “melhor”, “único” ou “insubstituível”.

 

Segundo o The China Post, “os oficiais chineses estão a lutar para reduzir as críticas em torno de um fosso cada vez maior nos rendimentos, numa altura em que a elevada inflação pressiona as centenas de milhões de agricultores e trabalhadores industriais chineses com baixos rendimentos”. Resolver a "distribuição injusta dos rendimentos” foi, aliás, um dos grandes objetivos definidos pelo primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, no plano económico nacional para 2011-2015.

 

De acordo com o grupo de investimento e corretagem CLSA Asia-Pacific Markets, em 2020 a China deverá tornar-se o maior mercado de bens de luxo, detendo 44% das vendas mundiais e atingindo, sozinha, uma dimensão superior à do mercado global atual.

 

Fontes: The China Post

             Marketeer

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico



publicado por blatitudes às 15:14 | link do post | comentar

Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

 

 

“Em fevereiro, a marca Pingo Doce foi a que mais lisboetas e portuenses recordaram ter visto publicitada”, comunicou a Marktest. A conclusão é do estudo Publivaga, conduzido pelo grupo Marktest, e baseou-se em entrevistas levadas a cabo aos residentes da Grande Lisboa e Grande Porto, com idades compreendidas entre os 8 e os 64 anos.

 

O valor alcançado pela marca da Jerónimo Martins registou valores cerca de 4 vezes superiores aos do Continente, que ocupa a segunda posição. No terceiro lugar ficou a Meo, que, em Dezembro de 2010, tinha sido a marca mais referida pelos entrevistados. No top 5 encontram-se ainda a TMN e, finalmente, a Zon.

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico



publicado por blatitudes às 15:35 | link do post | comentar

Quarta-feira, 6 de Abril de 2011

 

 

Morgan Spurlock, o conhecido realizador do documentário “Super Size Me” e “Where in the World is Osama bin Laden?”, regressou este ano ao Festival de Sundance com “The Greatest Movie Ever Sold”. O documentário, sobre o mundo do marketing, publicidade e product placement, poderia ser apenas mais um título no cartaz do festival de cinema independente, não fosse o seu inusitado financiamento, garantido precisamente graças à venda de espaço publicitário dentro do filme.

É este, afinal, o argumento do documentário, onde, com o seu humor característico, Spurlock conduz os espectadores através do mundo do marketing e publicidade enquanto tenta vender a inserção publicitária de marcas ao preço mais alto possível, de modo a conseguir um financiamento de 1,5 milhões de dólares – o que conseguiu, com o apoio de 15 empresas.

 

“The Greatest Movie Ever Sold” estreia nos EUA a 22 de Abril, não havendo ainda data prevista para chegar a Portugal.

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

 



publicado por blatitudes às 15:45 | link do post | comentar

Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

 

 

 

A Zynga decidiu celebrar o lançamento da expansão English Countryside, do jogo FarmVille, organizando uma parada de ovelhas através das ruas de Nova Iorque e Londres. Os jogadores conseguem aceder a esta expansão, apresentada como a maior atualização do Farmville de sempre, quando chegam ao vigésimo nível do popular jogo, podendo, por exemplo, criar cordeiros, dispor de culturas mais rápidas ou utilizar edifícios com características inglesas.

 

As ovelhas, conduzidas por pastores com cartazes, conquistaram a atenção de todos, fazendo sorrir miúdos e graúdos, como se pode ver neste vídeo. Mais fotos das ovelhas em Nova Iorque podem ser vistas aqui.

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

 



publicado por blatitudes às 17:06 | link do post | comentar

Hello Boys, 1995, TBWA

 

O outdoor "Hello Boys", da Wonderbra, criado em 1995 pela TBWA, foi considerado o melhor de sempre, numa votação promovida pelo site Campaign Live, em associação com o Outdoor Media Centre.

 

Em segundo lugar ficou o cartaz “Labour Isn’t Working”, concebido em 1978 pela Saatchi & Saatchi para o Partido Conservador.

Labour Isn't Working, 1978, Saatchi & Saatchi

 

No top 3 figura ainda o icónico cartaz de recrutamento militar da Caxton Advertising, “Lord Kitchener Wants You”, com data de 1914. 

 

Lord Kitchener Wants You, 1914, Caxton Advertising

 

 

A lista dos vencedores foi elaborada por um júri, composto por profissionais da área, a partir de uma pré-seleção de 100 cartazes, escolhidos pelos leitores. O conjunto destes posters pode ser visto, na íntegra, no microsite Outdoor Hall of Fame.

 

*Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

 

 

 



publicado por blatitudes às 14:12 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds