Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011
 

 

Segundo a Time, as mulheres são “muito melhores no que toca a usar os media sociais para manter o contacto com aqueles que lhe são próximos”. A conclusão nasce depois de conhecidos os resultados de um estudo recente, levado a cabo pela empresa de telecomunicações Rebtel.

 

De acordo com a pesquisa, 68% das mulheres utilizam os media sociais para se ligarem a amigos, contra apenas 54% dos homens. No que toca aos contactos com a família, os números decrescem em ambos os sexos: apenas 60% das mulheres utiliza os media sociais com esse propósito, contra 42% dos homens. E os resultados são ainda mais baixos quando se trata de contactar colegas de trabalho: pouco mais de um terço das mulheres o fazem, ultrapassando largamente o 1/5 dos homens que o faz.

 

O estudo concluiu ainda que o email domina, atualmente, todas as formas de comunicação, superando, mesmo – e talvez não tão surpreendentemente assim – o telefone: 83% contra 74%. Por outro lado, as formas de comunicação menos utilizadas são o microblogging e o chat de vídeo.

 

Fontes: Time

 


publicado por blatitudes às 17:32 | link do post | comentar

 

Segundo o Wall Street Journal, o YouTube está a preparar-se para receber canais com grelhas de programação específica, tal como acontece na televisão tradicional, já no próximo ano.

 

Embora não haja qualquer tipo de confirmação – ou desmentido – da parte da Google, o diário norte-americano escreve que os contratos para o lançamento destes canais estão prestes a ficar concluídos e que os mesmos deverão ser lançados no início de 2012.

 

Fontes: Sol



publicado por blatitudes às 16:31 | link do post | comentar

Nem um graminha de celulite, um corpo perfeito e uma cara onde não se vislumbra uma única borbulha, mancha ou cicatriz : Gisele Bündchen é capaz de deixar muitas mulheres a roer as unhas de inveja, é um facto. E é disso que muitos acusam a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SEPM) da presidência do Brasil, que pediu a suspensão de um anúncio em que a modelo surge em lingerie, transmitindo uma mensagem “machista”e que transforma as mulheres em “objetos sexuais dos maridos”.

 

No anúncio, a modelo pretende ensinar às mulheres como dar más notícias aos maridos: numa das lições, primeiro, aparece vestida, dizendo ao marido que bateu com o carro, o que o anúncio classifica como errado. Depois, apenas em lingerie, Gisele volta a dar a mesma notícia ao marido, o que o anúncio classifica como certo.

 

A ideia da Hope, a marca publicitada, era apenas brincar com o poder da sensualidade e foi precisamente desta forma que a modelo encarou o trabalho: segundo o seu agente, Gisele Bündchen nunca imaginou que alguém se pudesse ofender com a campanha, já que considerou que a mesma se tratava de uma sátira, e terminou lamentando que as pessoas tenham interpretado o anúncio de outra forma.

 

Entretanto, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) abriu um processo para avaliar as queixas contra esta campanha já que, para além da denúncia da SEPM, o organismo recebeu outras 15 reclamações de consumidores.

 

Mas se alguns consideram a campanha desrespeitosa para o sexo feminino, outros acham a polémica simplesmente absurda. Resta aguardar pela decisão do CONAR para saber se o anúncio terá de ser, mesmo, retirado do ar…

 

             Pernambuco.com


publicado por blatitudes às 14:56 | link do post | comentar

 

Imagine chegar à sua caixa de email e encontrar um convite de Will.i.am, dos Black Eyed Peas, para passar algum tempo com a banda nos bastidores e no palco. Inacreditável? Nem por isso…

 

Dez sortudos já o fizeram, no dia 21 de setembro, graças à funcionalidade Hangout do Google+, o primeiro evento do género em que Will.i.am se reuniu com os fãs, via webcam, nos bastidores, e respondeu a várias questões sobre a sua música.

 

O limite de 10 participantes deixou vários fãs frustrados, mas a boa notícia é que, hoje, Will.i.am marcou novo “hangout” via Google+, pelas 23h (hora de Lisboa), antes do concerto da banda no Central Park.

 

“Vamos divertir-nos no hangout dos bastidores… até temos um hangout no palco, também… quero redefinir a interação nos bastidores com os fãs que não podem ir aos concertos… acho que esta vai ser a primeira sessão online, via web cam, de bastidores e palco… gosto de ser o primeiro a fazê-lo”, escreveu Will.i.am no seu perfil da rede da Google, e onde decorrerá o “hangout”.

 

Adivinham-se muitos fãs dos Black Eyed Peas espalhados pelo mundo, de rostos colados ao ecrã esta noite…

 

 

Fontes: Techzek

             9 to 5 google



publicado por blatitudes às 14:28 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2011


publicado por blatitudes às 17:05 | link do post | comentar

 

Se foi daquelas que, quando a Reebok anunciou um par de ténis capaz de fortalecer os glúteos e músculos das pernas, correram para a loja mais próxima, provavelmente não vai gostar de ler o que se segue.

 

Desde 2009 que a Reebok promove os seus modelos EasyTone e RunTone com a promessa de que a utilização destes ténis aumentaria em mais 28% a força e tonificação dos músculos das nádegas e em mais 11% o trabalho sobre os músculos das pernas, em comparação com os ténis tradicionais. Porém, a Federal Trade Commission (FTC) não ficou convencida e, agora, acabou mesmo por obrigar a marca a devolver o dinheiro aos consumidores que compraram estes modelos. Além disso, a Reebok também foi proibida de continuar a fazer este tipo de alegações, exceto se puderem apresentar factos científicos que corroborem as suas afirmações. Contas feitas, a marca vai ter de devolver 25 milhões de dólares (cerca de 18,3 milhões de euros).

 

 

Ainda assim, a Reebok afirmou, em comunicado no seu site, que não concorda com as alegações da FTC: “De modo a evitar uma prolongada batalha legal, a Reebok optou por chegar a acordo com a FTC. Chegar a um acordo não significa que concordamos com as alegações da FTC: não concordamos”.

 

 

Fonte: Dinheiro Vivo



publicado por blatitudes às 15:36 | link do post | comentar

 

É uma das capas mais icónicas do mundo da música: um bebé, numa piscina, persegue uma nota, presa por um anzol. O álbum, Nevermind, catapultou os Nirvana para a fama e Spencer Elden, a criança, nunca mais se livrou da alcunha "bebé dos Nirvana".

 

Não que Spencer se incomode - hoje, com vinte anos, é fã da banda, muito embora nunca tenha conhecido nenhum dos seus membros nem recebido um único cêntimo pela capa de Nevermind.

 

Para celebrar o vigésimo aniversário, Spencer decidiu recriar a fotografia que o tornou famoso - desta vez, em fato de banho - e já afirmou a intenção de comprar a edição comemorativa dos 20 anos do álbum.

 

Fonte: Sábado


publicado por blatitudes às 14:37 | link do post | comentar

Quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

A companhia de aviação americana Southwest está a enfrentar um pesadelo de relações públicas desde que expulsou a atriz Leisha Hailey de um dos seus aviões.

 

De acordo com Leisha, que se apressou a divulgar a situação no Twitter, apelando mesmo ao boicote da companhia, tudo começou com um beijo entre si e a sua namorada. “Fui discriminada pela Southwest. A hospedeira disse que este é um voo familiar e que não eram permitidos beijos”, explicou no Twitter. “Isto é um escândalo. Exijo um pedido de desculpas público por parte da Southwest e um re-embolso. O ódio não é um valor familiar. Nunca mais voarei nesta companhia”. “Fomos escoltadas para fora do avião por nos chatearmos com o assunto. A Southwest contrata trabalhadores homofóbicos”. “Desde quando é ilegal exprimir afeto por alguém que amamos? Quero saber o que a Southwest considera uma família”.

Entretanto, em resposta, a companhia emitiu um comunicado oficial no seu site: “Os relatórios iniciais indicam que recebemos queixas de vários passageiros que consideraram o comportamento excessivo. A nossa equipa, responsável pelo conforto de todos os passageiros a bordo, abordou as passageiras baseando-se apenas no seu comportamento e não no género”.

 

Um dos detalhes mais curiosos desta história é o facto da Southwest ser a companhia aérea oficial da GLAAD – Aliança Gay e Lésbica contra a Difamação. Por esse motivo, o diretor de programas da GLAAD já terá contactado a companhia, de modo a pedir mais esclarecimentos sobre o caso e garantir que todos os passageiros se sentem confortáveis e bem-vindos quando viajam”.

 

 

O agente de Leisha garantiu que será feita uma queixa formal à companhia, de modo a que a situação não se repita.

 

Mas esta não é a primeira vez que a Southwest expulsa celebridades dos seus voos: no mês passado, Billie Joe Armstrong, vocalista dos Green Day, foi expulso por usar as calças demasiado baixas – algo pelo qual a companhia se desculpou, depois de Armstrong divulgar o episódio via Twitter.

 

 

Fontes: Osocio

             Economia

             The Huffington Post

 

 

            



publicado por blatitudes às 17:37 | link do post | comentar

Já muito se discutiu quem copia quem, mas a verdade é que, sempre que uma das partes lança uma novidade que parece fazer sucesso junto dos utilizadores, a outra apressa-se a criar algo do género.

 

Desta vez, foi a Google a recrutar para a sua rede social, a Google+, um dos jogos mais populares do Facebook, jogado por mais de 70 milhões de utilizadores por mês: o CityVille. Criado pela Zynga, o jogo já ultrapassou em popularidade o Farmville, da mesma companhia. A notícia não é tão surpreendente quando recordamos que, em 2010, a Google investiu 200 milhões de dólares na Zynga.

 

Afastando-se da “guerra” entre os dois gigantes da internet, a Zynga afirma que o seu objetivo é tornar os seus produtos acessíveis a todos e em qualquer plataforma.

 

E a batalha pela liderança continua...

 

 

 

Fontes: Tecnologia

             Agência Financeira



publicado por blatitudes às 14:36 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011
 

Escolher os óculos certos é, já se sabe, cada vez mais difícil. Isto porque as marcas continuam a criar mais e mais modelos, deixando ao cliente uma série de questões existenciais da mais profunda importância: lentes quadradas? Retangulares? Ovais? Armações em massa? Coloridas? Em aço? Modelos vintage? Minimalistas? Futuristas?

 

Foi com todas essas questões em mente que a Silhouette, uma marca austríaca de armações e óculos de sol, lançou a iMirror, uma aplicação compatível com iPhone4 ou iPad2 que permite ao utilizador experimentar, virtualmente e em 3D, todos os modelos da marca. Para isso, basta apontar a câmara para si e divertir-se a testar os resultados.

 

A aplicação pode ser descarregada na loja do iTunes, de forma gratuita, e promete tornar menos dolorosas as visitas às óticas (tanto para quem compra como para quem acompanha), ajudando na pré-seleção.

 

 

 

Fonte: Marketeer



publicado por blatitudes às 14:42 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds