Sexta-feira, 31 de Agosto de 2012

Nunca menospreze o poder de uma mensagem nas redes sociais. Esta parece ser a lição contida na história de Shane Bennett que, em junho, ajudou a Samsung a destacar-se nas redes sociais graças à troca de desenhos entre si e a marca.

 

Na altura, Shane tinha pedido à Samsung que lhe oferecesse o Galaxy S III, anexando à sua mensagem a imagem de um dragão desenhado por si, mas a companhia explicou que seria impossível oferecer-lhe o smartphone, enviando-lhe, ainda assim, um desenho de um canguru em resposta ao seu dragão.

 

Certo é que a história se tornou viral e, esta semana, Shane recebeu mesmo o que queria: um Samsung Galaxy S III a custo zero… personalizado com a imagem do seu dragão.

 

 

 

“Caro Shane,


Como símbolo do nosso apreço pela divulgação positiva que nos ajudou a obter nesta primavera, gostaríamos de agradecer-lhe com este Samsung Galaxy S III único e muito fixe. Este é o único S III personalizado no Canadá e esperamos que goste tanto dele como nós gostámos de ver a história do Dragão e do Canguru tornar-se viral.


Muito obrigado,

Samsung Canadá”



Este segundo capítulo da narrativa Shane – Samsung também já está a dar que falar online, com muita gente a elogiar a companhia pelo seu “lado humano” e sentido de humor.

 

 

Fontes: Mashable



publicado por blatitudes às 10:22 | link do post | comentar

Terça-feira, 28 de Agosto de 2012

 

 

A histórica BiC está no meio de uma polémica devido à sua linha de canetas “for her”, disponíveis em rosa e roxo e descritas como tendo sido desenhadas para encaixarem confortavelmente nas mãos das mulheres.

 

Apesar de já terem sido lançadas há algum tempo, parece que só agora as canetas começaram a chamar a atenção do público que optou por invadir as versões inglesa e americana do Amazon com comentários divertidos e sarcásticos acerca da linha “for her”.

 

Eis alguns exemplos do melhor que tem sido dito acerca destas canetas:

 

“Quando as vi percebi que tinha de as ter, por isso pedi ao meu Marido que mas comprasse. Ele recusou, dizendo que ter uma caneta me faria Pensar e ter Ideias Próprias. Depois eu poderia começar a Escrever, o que me roubaria tempo para me dedicar as minhas atividades de esposa, como Cozinhar, Limpar e Cuidar das Crianças. Claro que ele estava Absolutamente Certo, nenhuma destas tarefas implica uma caneta, por isso só lhes posso atribuir uma estrela.”

 

“Experimentei-as por capricho e tenho de dizer que não fiquei muito impressionada. O aplicador é demasiado trabalhoso e o tampão de plástico no interior é demasiado fino ( para não mencionar que é também desconfortável e não absorvente). Tenho a certeza que deve haver um truque para as utilizar mas não consegui percebê-lo. Também me sujaram os ténis de azul por alguma razão. Queria mesmo gostar delas, mas é o regresso aos pensos para mim.”

 

“Estes produto é muito bom para mulheres mas, para os homens, é fisicamente impossível utilizá-lo. Sou um homem de negócios muitíssimo bem colocado e cheguei onde estou hoje graças às canetas. Orgulho-me da minha capacidade de ultrapassar qualquer obstáculo, subir qualquer montanha, escrever com qualquer caneta…

Então um dia estava atrasado para uma reunião importante (eu e outros diretores estávamos a usar algum tempo para pensar em insinuações sexuais que pudessem impressionar as mulheres no escritório) por isso agarrei a caneta da minha secretária – sem perceber, claro, que era uma BiC “for her”.

Nem consegui segurá-la. Era delicada, como uma flor a desabrochar lentamente. Tive de reprimir a minha força para que os meus dedos de granito não esmagassem a maldita coisa. Com um aperto mais suave, percebi que era demasiado difícil esculpir as palavras na mesa como faço habitualmente. Não sabia o que fazer. Se a apertasse com demasiada força, partiria esta delicada e pequena caneta de senhora com a força dos meus punhos carnudos. Se a agarrasse de forma demasiado leve, era impossível que a minha escrita em maiúsculas parecesse autoritária.

Tentei gritar com a caneta – “Funciona, sua bandida!” – mas pareceu não ter qualquer efeito. Tentei esmurrá-la. Tentei cuspir-lhe e dizer coisas grosseiras acerca da mãe da caneta. Tentei fazer sexo com ela. Tentei pegar-lhe fogo. Nada pareceu funcionar. No final, chamei um colega meu chamado Gay Nigel e ele pareceu ser capaz de escrever perfeitamente com a caneta.

É uma caneta muito frustrante”.

 

 

Pode ler mais comentários aqui e aqui.

 

 

Fontes: Adweek

             Jezebel



publicado por blatitudes às 12:29 | link do post | comentar

 

De Lady Gaga, não se esperava menos que um anúncio ousado, negro e irreverente para promover o seu primeiro perfume, Fame. Mas apesar da imensa legião de fãs que seguem a cantora, as vendas de Fame no Reino Unido parecem não estar a corresponder às expetativas dos seus criadores.

 

Segundo o DN, os fãs estarão com medo de que Lady Gaga tenha utilizado sangue, suor e sémen na composição do perfume – fontes ligadas à cantora afirmaram-no aos media – e há também quem tema o cheiro do perfume devido às imagens do vídeo – a cantora surge coberta de gemas de ovo e alcatrão – e pelo tema escolhido para servir de banda sonora ao anúncio do perfume: Scheiße, alemão para…. merda.





publicado por blatitudes às 10:59 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27 de Agosto de 2012

 

Quando alguém se suicida na linha de metro, causa imenso transtorno a todos os passageiros. Assim sendo, o melhor é suicidar-se em casa.

 

A mensagem bizarra e politicamente incorreta foi criada pela agência Elvis Communication para a Transport for London e, embora nunca tenha chegado às paredes do metro, garantiu à agência o grande prémio dos Chip Shop Awards que, todos os anos, reconhecem as campanhas “mais divertidas, inteligentes, e de mau gosto”.

 

Ao contrário do que possa parecer, a campanha "Considerate Suicide", que consiste em três diferentes cartazes com a frase “Kill yourself at home” (mate-se em casa), sugerindo diferentes formas de suicídio caseiro em alternativa a saltar para a linha do metro, pretende não só desincentivar o suicídio mas também criticar a indiferença dos passageiros dos transportes públicos. De acordo com os criadores da campanha, sempre que é preciso remover um corpo da linha, interrompendo a circulação, a reação da maioria dos passageiros dos transportes londrinos é de insatisfação pelo tempo perdido.

 

 

A campanha nunca foi comprada pela TFL mas, no Chip Shop Awards, essa questão não se coloca: dados os conteúdos irreverentes, muitos dos anúncios concorrentes não passam de projetos de pura imaginação, criatividade, sarcasmo e humor negro. “O Chips é sobre ideias. O teu trabalho não tem de ter sido divulgado, impresso ou enviado. Os clientes não têm de ser teus. Só precisas de uma ideia brilhante”.

 

 

Fontes: P3



publicado por blatitudes às 11:11 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24 de Agosto de 2012

 

 

O logótipo da Microsoft foi atualizado pela primeira vez em 25 anos. Composto por quatro quadrados e o nome da empresa, o novo logo pretende expressar a diversidade de produtos da Microsoft, enquanto o look mais clean ajuda, também, a dar à empresa um ar mais contemporâneo.

 

Fontes: Exame


publicado por blatitudes às 12:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22 de Agosto de 2012

 

Para provar que “todos os cafés deviam ser Starbucks” a popular cadeia norte-americana lançou uma nova campanha na Rússia, onde chegou em 2007, com a ajuda da BBDO Moscovo.

 

“Tivemos a ideia muito simples de criar postais que oferecessem aos clientes de outras lojas de café a hipótese de fazerem um «upgrade» ao seu café, convertendo o copo num dos icónicos copos da Starbucks. Fomos capazes de colocar os nossos postais em lojas de roupa e livrarias muito próximas das lojas dos nossos concorrentes. Além disso, oferecemos os postais diretamente aos clientes que saíam das lojas com café”, explica a agência.

 

E se os clientes podem ter achado piada à ideia, o mesmo não deverão ter sentido os proprietários das lojas concorrentes…

 

 

Fontes: Huffington Post



publicado por blatitudes às 11:34 | link do post | comentar

Terça-feira, 21 de Agosto de 2012

 

Michael Phelps, que este ano se tornou o atleta mais medalhado de sempre dos Jogos Olímpicos, corre o risco de perder o título devido a uma campanha para a Louis Vuitton.

 

De acordo com as regras do Comité Olímpico Internacional, durante o período das competições os atletas não podem participar em campanhas publicitárias não relacionadas com o evento. Este ano, o período estipulado decorria entre 18 de julho e 15 de agosto mas, segundo um jornal espanhol, a imagem terá sido divulgada no dia 8 de agosto.

 

A Louis Vuitton defendeu o atleta, argumentando que a foto terá sido roubada e divulgada no Twitter sem o consentimento da marca ou de Phelps o que, a comprovar-se, isentará Phelps de qualquer punição. Porém, caso se comprove que a divulgação foi intencional, Michael Phelps poderá perder as seis medalhas conquistadas em Londres, perdendo, assim, o título de atleta mais medalhado na história dos Jogos Olímpicos.

 

 

 

Fontes: Exame



publicado por blatitudes às 11:32 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2012

 

As fãs de David Beckham têm motivos para sorrir: graças à H&M, agora é-lhes bem mais fácil tirar uma foto com o seu ídolo em boxers. Para promover a David Beckham Bodywear For H&M, uma linha de roupa interior que a cadeia lançou em colaboração com o jogador, a companhia mandou instalar enormes estátuas prateadas de Beckham em três cidades dos EUA. Mas um dos aspetos mais comentados acerca da estátua são mesmo as suas “virilhas brilhantes, convenientemente colocadas à altura do rosto, oferecendo aos turistas muitas possibilidades para poses imaginativas”, refere o Adweek.

 

 

A ação conta ainda com integração nas redes sociais, nomeadamente no Instragram: os utilizadores só precisam colocar uma foto onde surjam acompanhados de uma das estátuas, com a hashtag #hmbeckham, e ficam automaticamente habilitados a ganhar mil dólares em compras na H&M, peças da linha de Beckham assinadas pelo próprio jogador ou ainda uma versão da estátua em tamanho reduzido.

 

 

Fontes: Adweek



publicado por blatitudes às 10:39 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2012

 

Segundo a Deloitte, a publicidade online deverá crescer 11% este ano em Portugal. Já os meios tradicionais, embora mantendo a tendência de crescimento, deverão apresentar um salto mais moderado, de apenas 5%.

 

No mesmo relatório, TMT Predictions, a consultora previu também um crescimento de 50% ao ano do branding online.

 

Fontes: Dinheiro Digital



publicado por blatitudes às 12:37 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds