Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Os resultados alcançados por estudo publicado recentemente pela OCDE, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, põem em clara evidência a propensão de Portugal em se ligar à internet, sendo que, embora outros factores competitivos que nos colocam em comparação com os restantes países analisados fiquem aquém das expectativas, é claro o salto tecnológico que Portugal imprime às plataformas online.

Portugal posiciona-se igualmente em destaque não só na União Europeia, mas também em todo o ranking daquela organização. Se levarmos em linha de conta todos os países que compõe o estudo, o nosso país encontra-se em 13º lugar, numa lista liderada pelo Japão.

 

É assinalável a posição portuguesa nestas estatísticas recentemente divulgadas. Mais sonante se torna esta dimensão, se mencionarmos que Portugal se encontra à frente de países como a Alemanha, a França, o Reino Unido e a vizinha Espanha.

 

Acrescenta-se preponderância à posição portuguesa, se divulgarmos, tal como assinala este estudo, que em matéria de acessos da banda larga móvel, Portugal ocupa o segundo lugar da União Europeia.

 

Na opinião da Latitudes, estes números comprovam de forma inequívoca a vocação que Portugal demonstra pelo mundo online. Tanto a nível particular, como a nível empresarial, temos assistido a um sem número de processos que se optimizam dia a dia, de comportamentos que se orientam para a rede virtual mundial, para um espaço de negócio que cresce de forma exponencial no nosso país.

Acreditamos que estes números confirmam mais uma vez a nossa personalidade, assente, como sempre, na máxima de “Portugal para o mundo”, de conquista do além fronteiras. Assim o estão a fazer as nossas empresas exportadoras e assim está a responder o mercado internacional à oferta da produção nacional.

 

Para além de tornar as comunicações empresariais locais – empresa/consumidor/empresa – dentro do nosso território totalmente facilitadas, quando se olha numa óptica mundial, a posição geoestratégica de Portugal já não constitui, pelo fantástico advento das comunicações online, um problema.

 

Através das comunicações pela intenet, Portugal deixa de estar no canto da Europa, para se posicionar no centro do Atlântico.

Fonte: Público



publicado por blatitudes às 12:14 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds