Terça-feira, 30 de Agosto de 2011

 

Imagine que quer realizar uma telenovela mas não dispõe de um cenário nem dos recursos necessários para o criar. A maioria de nós pegaria na câmara e tentaria filmar qualquer coisa em casa ou, pura e simplesmente, desistiria do projeto. Mas estes jovens americanos tiveram uma ideia bem mais criativa: porquê gastar dinheiro ou filmar em cenários menos adequados quando podiam simplesmente digirir-se à loja IKEA mais próxima?

 

Foi precisamente isso que fizeram os amigos Dave Seger, Paul Bartunek, Delbert Shoopman, Spencer Strauss e Tom Kauffman, que, entre o verão de 2009 e o início de 2010 se dedicaram a “invadir” o IKEA de Burbank, na Califórnia, para filmar a sua novela “IKEA Heights”. E o que levou a IKEA a aceitar esta ideia?... Bem, nada, porque, na verdade, os jovens optaram por filmar a novela sem o conhecimento da empresa. Munidos de microfones sem fios e máquinas fotográficas com capacidade para gravar vídeo em alta definição, os amigos conseguiram gravar um total de sete episódios na loja.

 

É claro que o secretismo da coisa se reflete no produto final: foram expulsos da loja duas vezes, os clientes fixam os atores, confusos, em alguns momentos, mas tudo isto contribui para o sucesso da série.

Há cenas de traição nas camas em exposição, momentos de horror numa das cozinhas e, até, um funeral em plena zona dos tapetes.

“Achamos que é engraçado. Entendemos o humor, que é similar ao tom que nós próprios utilizamos nas nossas estratégias de marketing. Mas as filmagens não autorizadas nas nossas lojas não são uma coisa boa. Existem canais adequados através dos quais as pessoas nos podem contactar se quiserem filmar nas nossas lojas”, comentou Madelein Löwenborg-Frick, porta-voz do IKEA canadiano.

Mas a verdade é que, se assim fosse, a novela provavelmente não teria metade da piada. “Fizemos isto porque somos preguiçosos e também porque era mais engraçado ver os consumidores a entrar confusos na loja. Teve também a emoção de fazer algo de proibido”, confessou Seger, o realizador da IKEA Heights.

 

Ainda que tendo ido contra os regulamentos da empresa, a novela terá sido uma das melhores formas de publicidade gratuita que a marca alguma vez recebeu, já que a novela se tornou um êxito na internet um pouco por todo o mundo.

 

 
Fontes: i online
             Wikipedia
 

 



publicado por blatitudes às 16:37 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds