Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

 

 

O ano ainda mal se estreou mas já há uma notícia a fazer fervilhar as redes sociais: a “fuga” do Pingo Doce para a Holanda.

 

Vamos então por partes: tudo começou quando a sociedade Francisco Manuel dos Santos anunciou a venda do seu capital no grupo Jerónimo Martins (detentor do Pingo Doce) à sua subsidiária na Holanda.

 

A notícia poderia não ter causado tantos danos não fosse o clima de profunda crise económica (afinal, não é a primeira vez que uma empresa recorre à Holanda para escapar ao pagamento de alguns impostos). Sujeitos a sacrifícios que, à partida, seriam partilhados por todos, muitos portugueses não gostaram de ouvir sobre a “fuga” daquela que é uma das empresas nacionais mais valiosas e invadiram as redes sociais com protestos e apelos a um boicote ao Pingo Doce.

 

Numa página não oficial do Pingo Doce, no facebook, criada por uma funcionária da empresa, os comentários são, sobretudo, de revolta, acusando o grupo de hipocrisia, anti-patriotismo e traição entre outras coisas. Mas há também (embora em menor número) aqueles que garantem compreender a Jerónimo Martins e que se mantêm do lado da companhia portuguesa. Entretanto, nasceu a página “Boicote ao Pingo Doce” que, à hora da redação deste texto, tinha 1186 seguidores: "Estamos fartos de grupos económicos que se alimentam de nós como parasitas, destroem o pequeno comércio e nada contribuem para a economia nacional. Não pactuem com Grupo Jerónimo Martins (Pingo Doce, Recheio) na sua missão de sugar o máximo de capital possível para o estrangeiro e não pagar impostos afundando ainda mais o nosso País. BOICOTE JÁ!”

 

 No entanto, há já quem alerte para a possibilidade de um enorme equívoco. No editorial do Jornal de Negócios, Pedro Santos Guerreiro esclarece que “A família Soares dos Santos não está a fugir aos impostos. Mesmo se vai fugir ao País.” Isto porque, segundo o diretor daquele jornal, “a Jerónimo Martins não vai pagar menos impostos. E a família que a controla também não - até porque já pagava poucos.” José Soares dos Santos já tinha explicado que a venda não tinha implicações fiscais – mas, ainda assim, as dúvidas continuam a ser muitas. Tanto que o PS e o Bloco de Esquerda manifestaram a sua indignação e os socialistas exigiram mesmo uma “resposta imediata” da parte do Governo.

 

Machucada, sai, sem dúvida, a imagem da Jerónimo Martins e, sobretudo, do Pingo Doce. Resta, agora, ver até onde os portugueses vão levar a ideia de um boicote e de que forma é que isto vai afetar o grupo...

 

Fontes: Jornal de Notícias

             Agência Financeira

             Jornal de Negócios

 

 

Relacionado:

http://blatitudes.blogs.sapo.pt/70705.html

http://blatitudes.blogs.sapo.pt/72374.html

 

 

 



publicado por blatitudes às 15:49 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds