Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

Não são, pelo menos para já, ameaças ao Facebook, até porque funcionam de forma bastante distinta da maior rede social do mundo, mas há algumas redes sociais que estão a dar que falar: são elas a Pinterest, a Fashiolista e o Tumblr.

 

 

Como o nome indica, o Pinterest funciona como um gigante quadro de cortiça digital onde os utilizadores colocam os seus interesses, recorrendo a “pioneses” virtuais. Visualmente, o resultado é dos mais cativantes que existem, hoje, online, pelo que não espanta que, em pouco mais de um ano de existência, a rede já tenha conseguido conquistar 11,7 milhões de utilizadores mensais só nos EUA.

Aqui, a máxima de que “uma imagem vale mais que mil palavras” é levada muito a sério: tirando comentários e títulos, não se encontram grandes textos. Para isso existem outros sites e uma das melhores coisas do Pinterest é precisamente a sua simplicidade e imediatez, baseada na linguagem universal das imagens.

E não são só os anónimos que se estão a render a esta rede: muitas marcas também já aderiram ao Pinterest, utilizando-o para expor coleções e fotos de bastidores, por exemplo – até porque a maioria dos utilizadores desta rede são mulheres entre os 25 e os 34 anos. Na verdade, segundo a consultora Shareaholic, a Pinterest é uma das redes sociais que mais gera tráfico para os sites das empresas, ultrapassando sites como o Google+, YouTube ou LinkedIn.

 


 

 

Quando o assunto é moda, há outro nome que também merece menção: Fashiolista. Esta rede, a que se pode aceder através da conta do Facebook ou criando um perfil manualmente, serve o único propósito de alimentar e partilhar os desejos de moda dos utilizadores – maioritariamente do sexo feminino, sem surpresas. Em vez do botão “like” do Facebook, o Fashiolista tem o botão “Love”, bem mais apropriado aos suspiros fashion da sua comunidade, que assim pode marcar as suas peças favoritas, a partir de lojas online, apresentá-las no seu perfil e partilhá-las com os outros membros. Passeando pelo site e pelas páginas de outros utilizadores, é fácil identificar tendências e seguir as escolhas de membros cujo estilo seja especialmente inspirador.

 

 

Muito diferente é o Tumblr. Lançada em 2007, a plataforma de publicação pode não ser uma novidade – mas o seu recente crescimento coloca-a entre os nomes do momento. Combinando texto, imagens, vídeos e som, o Tumblr tinha, no início deste ano, 39 milhões de blogues registados, ultrapassando mesmo o WordPress. Combine-se a sua flexibilidade com a facilidade de utilização e está explicada a receita do seu sucesso. Mark Coatney, ex-editor da Newsweek e fã do Tumblr resumiu a essência da rede a “uma nova forma de falar com a audiência”, já que, aqui, e ao contrário do que se passa com muitas redes, não é possível ver quantos seguidores tem determinado utilizador: “Não é tão importante quem o está a seguir. Não se trata de ter 10 mil seguidores. Tem a ver menos com a audiência e mais com a comunicação com uma comunidade”. Anónimos, famosos e marcas vão-se rendendo aos argumentos desta rede, que tem no Presidente Barack Obama um dos seus membros mais ativos. Nos EUA, o Tumblr já é a terceira plataforma mais utilizada na partilha de conteúdos, ultrapassado apenas pelo Facebook e Twitter – e à frente do Google+.

 

 

Fontes: Meios e Publicidade

 



publicado por blatitudes às 10:58 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds