Quarta-feira, 7 de Março de 2012

 

Um anúncio da União Europeia foi retirado depois de receber acusações de racismo. Em questão, está um vídeo em que uma mulher – branca – é atacada por três homens – aparentemente, um chinês, um indiano e um brasileiro. Levanta-se a pergunta: como é que a UE não previu este tipo de reação?

 

Concebido para uma audiência jovem, entre os 16 e os 24 anos, o anúncio tinha o objetivo de atrair esta faixa etária e “aumentar a sua curiosidade sobre a política da UE”, disse fonte da UE, mas o resultado ultrapassou, em muito e não de forma inteiramente positiva, o planeado.

 

Embora o vídeo comece com um ataque dos homens, aplicando as artes marciais próprias do seu país, tudo termina em bem quando a mulher se multiplica e todos se sentam, juntos, no chão. Num instante, a imagem da mulher, vestida de amarelo, converte-se nas estrelas do símbolo da UE. Segue-se a frase “Quantos mais somos, mais fortes nos tornamos”.

 

“O vídeo continha personagens típicas do género das artes marciais: mestres do kung fu, capoeira e kalaripayattu; começava com uma demonstração dos seus talentos e acabava com todas as personagens mostrando o seu mútuo respeito, concluindo numa posição de paz e harmonia. Este género foi escolhido para atrair os jovens e aumentar a sua curiosidade sobre uma importante política da União Europeia”, explicou a fonte da UE. Quanto às queixas de racismo, a mesma fonte referiu: “O vídeo não tinha qualquer intenção de ser racista e obviamente lamentamos que tenha sido entendido dessa forma. Pedimos desculpa a todos aqueles que se possam ter sentido ofendidos. Dada a controvérsia, decidimos parar imediatamente a campanha e retirar o vídeo”. Acrescente-se, ainda, que, segundo a UE, as reações do público-alvo, os jovens, foram “positivas, tal como as dos grupos de foco em que o conceito tinha sido testado”.

 

Mesmo com boas intenções, é de estranhar que a União Europeia não tenha sido capaz de prever este resultado. 

 

 

Fontes: Guardian  

 

(Relacionado: ANÚNCIO DO AZEITE GALLO NO BRASIL É ACUSADO DE RACISMO

                    

 

 

 

 



publicado por blatitudes às 12:09 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ao cyberbullying, os estu...

Comunicação cara a cara c...

Laina: a nova sensação do...

Facebook testa novo forma...

Instagram lança perfis na...

W+K lança série de desafi...

Samsung reafirma lideranç...

As piores passwords de 20...

Quase 9 em cada 10 imagen...

Facebook lança páginas gl...

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds