Segunda-feira, 09.04.12

 

Para além dos preços competitivos, a Ryanair também é conhecida pela forma polémica como lida com a concorrência. O ano passado, a companhia low-cost envolveu-se numa troca de provocações com a TAP, enviando uma dezena de rosas para o Sindicato Nacional de Pessoal de Voo da Aviação Civil, durante a greve dos tripulantes da TAP, em junho, e remetendo um manual de “Gestão de Companhias Aéreas para Totós” para a companhia portuguesa, em outubro.

 

Agora, o olhar mordaz da Ryanair virou-se para a Espanha. A companhia low-cost divulgou um comunicado dirigido ao Sepla, o sindicato espanhol dos pilotos, agradecendo o seu apelo de greve à Iberia (os pilotos da companhia deverão cumprir 30 dias de greve entre hoje, 9 de abril, e dia 20 de julho).

 

Desde apenas 10,99 euros [os passageiros] poderão evitar a greve da Iberia, já que os sindicatos da Iberia não têm, claramente, em conta, os passageiros e as suas famílias. Consideramos que o Sepla é um sindicato incrível, apesar das suas abordagens estarem redondamente equivocadas e serem ingénuas, e agradecemos os seus esforços para que cada vez mais passageiros da Iberia optem por voar com a Ryanair este Verão”, comunicou Michael O’Leary, o presidente da Ryanair. 

 

 

Fontes: Marketeer



publicado por blatitudes às 11:37 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.03.12

 

Depois das queixas de vários consumidores descontentes com a impossibilidade de utilizarem a conexão 4G supostamente disponível nos seus novos iPads, a Apple já terá começado a oferecer um reembolso aos seus clientes australianos.

 

A ACCC (Australian Competition and Consumer Comition), uma comissão nacional do consumidor, acusou a Apple de “ter feito crer aos consumidores australianos que o produto «iPad com WiFi + 4G» pode, com um cartão sim, ligar-se a uma rede móvel de 4G na Austrália, o que não é o caso”.

 

Tal como em Portugal, as frequências dos serviços 4G australianos não são compatíveis com as frequências utilizadas pelo iPad. Para além das indemnizações, a ACCC pretende, ainda, que a Apple publique anúncios no seu site e jornais que corrijam esta informação e ainda que pare de anunciar o seu novo tablet como “iPad com WiFi + 4G”.

 

Em resposta, a Apple anunciou que irá publicar um esclarecimento nos seus pontos de venda e enviar emails aos clientes que adquiriram o produto, oferecendo-lhes um reembolso caso tenham adquirido o novo iPad baseados na ideia de que o mesmo seria compatível com as redes nacionais de 4G.

 

Será que a medida se irá estender a mais países?

 

 

Fontes: Guardian



publicado por blatitudes às 15:14 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 21.03.12

Num futuro não muito longínquo, a expressão “tens uns trocos?” pode vir a desaparecer. Isto porque, à semelhança do que já acontece em alguns países, Portugal começou, agora, a testar formas de pagamento digital, através da utilização de telemóveis.

 

 

Nos edifícios da Portugal Telecom, na Avenida Fontes Pereira de Melo e na Avenida Álvaro Pais, em Lisboa, bem como nas instalações da PT Inovação, em Aveiro, os colaboradores da empresa começaram, ontem, a testar o TMN Wallet, um novo sistema de pagamentos por telemóvel. Com este serviço, os utilizadores podem pagar o seu café e outros produtos alimentares recorrendo apenas ao telemóvel.

 

O sistema TMN Wallet funciona recorrendo a tecnologia NFC (Near Field Connection), combinando este sistema com SMS, USSD e QRCodes de modo a garantir a utilização em qualquer telemóvel, mesmo no caso de aparelhos que ainda não dispõem da tecnologia de comunicação de dados por contacto. O objetivo, segundo fonte da TMN, é lançar o serviço para o público em geral até ao final de 2012.

 

Segundo a PT, esta solução é muito segura, tendo ainda outras vantagens, como o facto de ser prática, rápida e permitir a consulta de consulta e controlo dos custos através do telemóvel ou no site.

 

 

À semelhança da PT, também o BES lançou, ontem, uma solução de pagamento através de telemóveis, nomeadamente para smartphones Android e iPhone, que passam a ter acesso ao cartão de crédito digital @bes.

 

O cartão de crédito passa, assim, a poder ser utilizado através do telemóvel, funcionando com um cartão digital devidamente protegido por um código PIN. 

 

 

Fontes: Sapo Tek



publicado por blatitudes às 10:58 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.02.12

 

 

 

Idade, género, classe social… segundo a DM9, os critérios tradicionalmente usados para classificar os consumidores, nomeadamente os perfis demográficos, já não são suficientes na era digital. Assim, decidiram estudar a forma como os consumidores se relacionam com a tecnologia e como se comportam no mundo digital, inaugurando uma nova categoria de perfis: os perfis digigráficos.

 

 

 

 

 

 

Para isso, a DM9 entrevistou várias pessoas com idades compreendidas entre os 8 e os 60 anos, utilizando novos critérios para as classificar:

 

1. Quanto e como é que as pessoas utilizam os recursos e equipamento de tecnologia nas suas vidas;

 

2. Quais são as intenções que as pessoas têm ao consumir os diversos produtos digitais;

 

3. Quanto os recursos digitais servem para moldar a sua identidade.

 

Com base nestes critérios, a DM9 criou cinco novos perfis de consumidores digitais:

 

1. Imersos: pessoas que tiveram parte da sua identidade definida a partir da tecnologia. Com a tecnologia, conseguiram “encontrar-se”, definir melhor os seus interesses e estabelecer melhores relações com o mundo. As suas personalidades e identidades foram definidas pela era digital. (Vídeo aqui)

 

2. Ferramentados: aqueles que recorrem à tecnologia para agilizar as tarefas mas que não a idolatram. A tecnologia ajuda-os nas tarefas quotidianas, facilita-lhes a vida, mas estas pessoas não dependem dela nem são definidas por ela. (Vídeo aqui)

 

3. Fascinados: consumidores que querem parecer modernos e tecnológicos. Para este grupo, os computadores, gadgets e hábitos da era digital são ícones da modernidade e consumir estas novidades fá-los parecer modernos e a par do que se passa. (Vídeo aqui)

 

4. Emparelhados: grupo de pessoas que consideram a tecnologia fundamental para pôr em prática os seus projetos de vida. Veem a tecnologia como uma ajuda fundamental para o seu dia a dia, considerando que, sem ela, o seu quotidiano fica extremamente complicado. Estas pessoas encaram as máquinas quase como extensões dos seus próprios corpos, potencializando as suas capacidades humanas. (Vídeo aqui)

 

5. Evoluídos: pessoas que têm no universo das máquinas e da tecnologia o seu habitat natural. São as crianças e adolescentes que nasceram e estão a crescer no mundo digital, não tendo conhecido um mundo antes deste. (Vídeo aqui)

 

A nova categoria de perfis poderá ser muito útil a todos aqueles que trabalham no meio digital, sobretudo na área da comunicação, marketing e publicidade, ajudando os profissionais a compreender melhor o seu público e direcionar o seu trabalho de forma mais eficaz.

 

 

 

Fontes: AndroidPIT 

             Redator Web 

             Comunicadores    

             Clube Online

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por blatitudes às 15:02 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.02.12

 

Não é propriamente uma novidade, mas o estudo GlobalWebIndex6 (GWI 6) veio comprovar o que já toda a gente sabe: a importância das redes sociais para as marcas está a crescer.

 

Segundo este estudo, 59% dos utilizadores da internet de todo o mundo visitaram o site de uma marca no último mês e 24% acederam ao seu perfil numa rede social. Curiosamente, é nos mercados emergentes que a preferência pela interação com as marcas via redes sociais é mais acentuada: em países como a Indonésia e as Filipinas, onde a utilização da internet ainda está a emergir, metade dos utilizadores recorreram às redes sociais para visitar perfis de marcas.


O estudo explorou também quais as expectativas dos consumidores que interagem com as marcas através das redes sociais, concluindo que entre as principais motivações estão os descontos, melhor serviço e recomendações personalizadas.


Ao mesmo tempo, o GWI 6 revelou que o e-commerce também continua a crescer – mas, ao contrário de que se passa nas redes sociais, os países emergentes ainda estão longe de atingir os resultados de nações como a Coreia do Sul, Alemanha ou Reino Unido, onde mais de 70% dos utilizadores realizaram compras online no mês anterior ao estudo. A média global situa-se nos 59%.


O GWI 6 foi realizado a partir de entrevistas a 122 mil utilizadores de internet em 27 mercados à escala mundial.

 

 

Fontes: Briefing



publicado por blatitudes às 10:42 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.02.12

Há marcas das quais os portugueses não abdicam, mesmo em tempo de crise. São as chamadas marcas “imprescindíveis”, assim designadas pelo grupo WPP num ranking que revela quais os nomes mais queridos dos portugueses no ano de 2011. No top 3 aparecem a Danone, o leite Mimosa e a Coca-Cola, assim classificadas não apenas pela sua presença no maior número de lares mas também pela sua compra consecutiva, o que revela uma “forte ligação com a marca”.

 

 

 

 

“As marcas de fabricante, pelo seu investimento em investigação e desenvolvimento e em comunicação, continuam essenciais e – conforme fica explícito com este estudo – é possível encontrar as imprescindíveis”, conclui o estudo.

 

Espreite o ranking completo de 2011:

 

1. Danone
2. Mimosa Leite
3. Coca-Cola
4. Nestlé Cereais
5. Fula
6. Longa Vida
7. Super Bock
8. Planta
9. Skip
10. Olá
11. Mimosa Manteiga
12. Sagres
13. Mimosa Iogurtes
14. Becel Margarina
15. Oliveira da Serra

 

 

Fonte: Marketeer



publicado por blatitudes às 10:09 | link do post | comentar

Quarta-feira, 01.02.12

 

 

Segundo um estudo levado a cabo pela consultora Publicis, 80% das decisões de compra, em Portugal, são tomadas pelas mulheres. Mas será que a publicidade atual tem sabido estar à altura destes números?

 

De acordo com Anthony Gibson, CEO da Publicis Portugal, 6 em cada 10 mulheres entrevistadas revelaram sentir-se incomodadas pela forma como são retratadas nas campanhas publicitárias – um alerta que as agências não podem ignorar. “Não as chamem compradoras ou donas de casa. Menos de 5% das mulheres veem-se como tal”, explicou Gibson. “Já não funciona retratá-las como carentes, medrosas, incompletas, assumindo a marca como o seu herói”, acrescentou.

 

No debate organizado pela Câmara de Comércio Americana em Portugal e pela European Professional Women’s Network, Nuno Ferreira Pires, diretor de Marketing Ibérico da Dyrup, também se manifestou em relação a estes resultados. Admitindo que “as verdadeiras escolhas [das mulheres] fazem-se ao nível emocional”, Ferreira Pires avisou, também, que este é um tempo de mudança e que os homens também já começam a ter algum poder de decisão no que toca por exemplo à escolha da decoração da casa “algo que não acontecia há 10 anos”. Simultaneamente, os homens assistiram, também, à emergência de um novo mercado para eles e começam a modificar os seus comportamentos de consumo em áreas como o vestuário ou a cosmética, obrigando os profissionais de marketing a uma atitude de “open minding”.

 

Fontes: Marketeer



publicado por blatitudes às 11:55 | link do post | comentar

Links

Site Oficial
Latitudes - Comunicação Integrada de Marketing

Redes Sociais

twitter facebook delicious flickr
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


Os últimos blá blás

Ryanair agradece greve na...

Apple vai reembolsar clie...

Pagamentos via telemóvel ...

Perfis digigráficos: o qu...

Utilizadores recorrem cad...

Danone foi a marca mais "...

Nas compras mandam elas

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

tags

todas as tags

Networked Blogs
blogs SAPO
Google Analitycs
subscrever feeds